MAMA TUBEROSA
COIMBRA E LISBOA

DR. RICARDO CARVALHO
O QUE É A MAMA TUBEROSA

A mama tuberosa é uma alteração do desenvolvimento da mama, que origina uma mama com um formato em tubo, em vez de uma mama com um formato redondo. Existem casos mais ligeiros e casos mais graves.

Nos casos mais graves, a mama tem uma forma tubular. Nos casos mais ligeiros, a mama apresenta algumas alterações que passam muitas vezes despercebidas à própria mulher.

Marque a sua consulta de avaliação

Presencial ou por videochamada

CASOS CLÍNICOS
ANTES E DEPOIS

Mummy Makeover
Mummy Makeover
Mummy Makeover
Mummy Makeover

MAMA TUBEROSA

Neste caso, as queixas eram de uma mama pequena e desproporcional ao seu corpo, mas com alguma atenção podemos verificar que parece faltar algum tecido na parte mais inferior e de dentro da mama.

Esta é uma forma ligeira da mama tuberosa. A expectativa desta doente era aumentar o tamanho da mama, mas se fossem apenas colocadas as próteses mamárias o resultado não seria adequado, pois iria acentuar as alterações que ela apresentava.

Antes de colocar as próteses mamárias é necessário tratar a glândula mamária, de forma a dar-lhe um formato arredondado.

Existem várias técnicas e o Cirurgião Plástico deverá escolher aquela que mais se adequa a cada caso.

A consulta de Cirurgia Plástica é fundamental para avaliar cada doente e explicar quais são as possibilidades de tratamento, os resultados possíveis, as complicações e os cuidados durante o período de recuperação.

Neste caso foi realizada uma cirurgia para tratar a mama tuberosa e colocadas próteses mamárias, redondas, com volumes diferentes (para corrigir a pequena diferença no tamanho inicial): 255cc do lado direito e 295cc do lado esquerdo.

A cirurgia foi realizada sob anestesia geral e a doente regressou a casa no dia seguinte à cirurgia.

A cicatriz ficou na parte inferior da aréola.

Quatro meses após a cirurgia.

Marque a sua consulta de avaliação

Presencial ou por videochamada

Mummy Makeover
Mummy Makeover
Mummy Makeover
Mummy Makeover

MAMA TUBEROSA

Neste caso identifica-se pela ausência de desenvolvimento da mama na sua parte inferior e medial – parece que falta um pouco de mama. O tratamento requer uma cirurgia para adaptar o tecido mamário e um implante para aumentar o volume que falta.

No final resulta uma mama mais redonda e menos tubular.

Marque a sua consulta de avaliação

Presencial ou por videochamada

SAIBA MAIS SOBRE A MAMA TUBEROSA

O QUE É A MAMA TUBEROSA?

É uma alteração congénita, do desenvolvimento da mama, ou seja, uma alteração da mama que está presente quando a mulher nasce e que se manifesta durante a puberdade e início da idade adulta, quando a mama começa a crescer.

QUAIS AS CARACTERÍSTICAS DA MAMA TUBEROSA?

A mama tuberosa é uma doença da mama que se manifesta de muitas formas diferentes. Nas formas mais ligeiras da doença, a mulher pode até nem se aperceber e julga ter apenas a mama mais pequena do que o esperado, para a sua idade ou em comparação com as características das suas familiares mais próximas (mãe ou irmãs).

A forma mais ligeira da mama tuberosa caracteriza-se por uma alteração na parte mais inferior e interna da mama (parece que falta um pouco de tecido), mas de resto a mama parece normal. Na forma mais grave da doença a mama parece ter um formato de tubo: é muito pequena, tem uma forma tubular e a aréola é muito grande. Existem várias formas intermédias da doença.

QUAL A CAUSA DA MAMA TUBEROSA?

O formato tubular da mama tuberosa resulta da existência de um anel fibroso, que impede que a mama se desenvolva/ cresça da forma normal, com um formato arredondado. Esse anel obriga os tecidos mamários a desenvolverem-se/ crescer através desse anel e a mama acaba por ficar com a forma de um tubo e origina também, que a aréola fique demasiado grande.

COMO É REALIZADO O DIAGNÓSTICO DA MAMA TUBEROSA?

O diagnóstico é clínico, ou seja, feito pelo Médico, durante uma consulta. Não são necessários exames para confirmar o diagnóstico.

QUAL O TRATAMENTO DA MAMA TUBEROSA?

O tratamento da mama tuberosa é cirúrgico. Não existem outras formas de tratamento, que não seja através da cirurgia.

QUEM É QUE TEM INDICAÇÃO PARA FAZER UMA CIRURGIA DE CORREÇÃO DA MAMA TUBEROSA?

As mulheres candidatas à cirurgia de correção da mama tuberosa são aquelas que têm alterações do formato da mama, desde as mais ligeiras até às mais graves.

COMO É FEITA UMA CIRURGIA DE CORREÇÃO DA MAMA TUBEROSA?

Existem várias técnicas para tratar a mama tuberosa. As técnicas são escolhidas de acordo com a gravidade das situações. A cirurgia é realizada sob anestesia geral, num bloco operatório e as doentes passam uma noite na clínica, a recuperar da cirurgia, antes de regressarem a casa.

Existem várias técnicas cirúrgicas para tratar a mama tuberosa. A primeira parte da cirurgia serve para tratar a glândula mamária (especificamente, o anel constritor fibroso, que é o causador da doença) e a segunda parte é, normalmente, para tratar o pequeno volume da mama, com a colocação de implantes mamários.

A CIRURGIA PARA TRATAR A MAMA TUBEROSA PODE SER REALIZADA SEM CICATRIZES?

Tal como todas as cirurgias, a cirurgia para tratar a mama tuberosa não pode ser realizada sem cicatrizes.

As cicatrizes ficam posicionadas em volta da aréola (esta fica dissimulada pela transição da pele escura da aréola para a pele mais clara da mama). Nos casos mais ligeiros, a cicatriz poderá ficar apenas na metade inferior da aréola. Como nos casos mais graves é necessário diminuir o tamanho da aréola, a cicatriz fica à volta da aréola.

Geralmente, as cicatrizes ficam menos visíveis entre 4 a 6 meses após a cirurgia e as mulheres costumam referir que valeu a pena, apesar das cicatrizes.

O seu Cirurgião Plástico poderá explicar-lhe quais as melhores técnicas para que a cicatriz seja o mais impercetível possível.

Envie 3 fotografias

Faça a simulação da sua cirurgia plástica em 3D

Clique para enviar

QUAIS OS EFEITOS ADVERSOS?

Os efeitos adversos mais frequentes são transitórios (passageiros) e desaparecem espontaneamente. Os mais frequentes são equimose (nódoa negra), edema (“inchaço”) e parestesias (“dormência”). É frequente desaparecerem entre 2 a 3 semanas.

Outro efeito indesejado é a assimetria, resultante de diferença no volume ou na posição do mamilo. Esta diferença poderá resultar de uma assimetria existente antes da cirurgia (que é muito frequente) e que passou despercebida à mulher e, por isso, é fundamental um exame objetivo minucioso antes da intervenção.

A maioria das técnicas permite preservar a capacidade de amamentação, embora seja frequente haver alteração transitória da sensibilidade do mamilo.

Um efeito indesejado são as cicatrizes. No entanto, a maioria das mulheres que deseja submeter-se a esta intervenção prefere a existência de cicatrizes numa mama que seja proporcional ao seu corpo e sem deformidades, do que viver com as alterações existentes e que têm um impacto muito negativo na autoestima da mulher.

As cicatrizes ficam menos evidentes com o tempo. O seu Cirurgião Plástico saberá aconselhá-la sobre a melhor forma de tratar as suas cicatrizes.

QUAL O RESULTADO DE UMA CIRURGIA PARA CORREÇÃO DA MAMA TUBEROSA?

A cirurgia para correção da mama tuberosa tem como objetivo a tratar a deformidade da mama e aumentar o volume para um tamanho que seja proporcional ao corpo da mulher, de forma a que esta se sinta confortável.

QUAIS OS CUIDADOS APÓS A CIRURGIA?

Habitualmente, a mulher tem alta no dia seguinte, após a cirurgia e pode recuperar no conforto da sua casa.

Aconselhamos a utilização de um soutiã pós-cirúrgico, sem aros de metal, durante um período de 1 a 2 meses e também que evite movimentos muito amplos com os braços, nos primeiros dias.

É ainda aconselhada a realização de drenagem linfática manual para acelerar a recuperação, melhorar o conforto e diminuir o edema associado à cirurgia.

QUANDO É QUE SE PODE RETOMAR A ATIVIDADE/ ROTINA DIÁRIA APÓS A CIRURGIA?

O tratamento da mama tuberosa é cirúrgico. Não existem outras formas de tratamento, que não seja através da cirurgia.

QUAL O TRATAMENTO DA MAMA TUBEROSA?

A recuperação após a cirurgia para tratar a mama tuberosa é muito variável de mulher para mulher, sendo uma questão muito pessoal.

Na generalidade dos casos, após 2 ou 3 semanas a mulher está apta para qualquer atividade, embora seja aconselhado um intervalo mais longo (1 a 2 meses) antes de recomeçar com exercício físico mais intenso.

VOU FICAR MELHOR APÓS REALIZAR UMA CIRURGIA PARA TRATAR A MAMA TUBEROSA?

A cirurgia para tratar a mama tuberosa é uma intervenção cirúrgica que visa proporcionar uma melhoria da sua aparência física e também um reforço da sua autoestima.

Por conseguinte, a nova imagem que irá adquirir não irá modificar, por si só, todas as outras áreas da sua vida (profissional, familiar, social), pelo que é fundamental ter essa consciência.

Assim, o equilíbrio emocional é indispensável para ser submetida a uma intervenção cirúrgica, especialmente se esta for de natureza estética.

A CIRURGIA PARA TRATAR A MAMA TUBEROSA É SEGURA?

Como qualquer cirurgia, a mamoplastia de aumento não está isenta de riscos.

De facto, o primeiro passo é consultar um Cirurgião Plástico, que esteja inscrito na Ordem dos Médicos (www.ordemdosmedicos.pt) e na Sociedade Portuguesa de Cirurgia Plástica Reconstrutiva e Estética (www.spcpre.org.pt).

Além disso, deverá escolher uma clínica com ambiente adequado para a realização da consulta e da cirurgia.

É importante, ainda,  escolher o momento adequado para a realização da cirurgia, quer a nível social, pessoal ou profissional.

Deve conversar abertamente com o seu médico, colocar todas as dúvidas, esclarecer quais os seus objetivos e expectativas e ouvir quais os resultados possíveis, os cuidados pós-operatórios necessários e as possíveis complicações.

QUAL O PREÇO DE UMA CIRURGIA PARA TRATAR A MAMA TUBEROSA?

No que se refere à cirurgia para tratar a mama tuberosa, depende de cada caso.

Deste modo, para lhe darmos um preço de referência que seja o mais aproximado possível do seu caso, relate o seu problema ao Dr. Ricardo Carvalho através do nosso Formulário de Contacto.

DESEJA MARCAR UMA CONSULTA DE AVALIAÇÃO?
TEM QUESTÕES A COLOCAR?

- Dr. Ricardo Carvalho -
- Dr. Ricardo Carvalho -Preencha o formulário e coloque as suas dúvidas.
Se pretende ser contactada(o) para a marcação de uma consulta de avaliação, este campo é obrigatório.
LEIA ANTES DE ESCOLHER UMA DAS OPÇÕES: A opção Coimbra implica uma consulta presencial na nossa clínica em Coimbra. A opção Videochamada implica uma primeira consulta à distância, por videochamada, com um custo de 60€.
Assinalar a opção "Pretendo marcar consulta de avaliação e ser contactada(o) para o efeito" apenas quando tiver a intenção de marcar a respetiva consulta. Para informações sobre procedimentos, escolha a opção "Pretendo ser informada(o) sobre a(s) cirurgia(s) abaixo indicada(s)".
Ao clicar em Enviar pedido está a concordar com os nossos Termos de Utilização e a confirmar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade.

VER MAIS CIRURGIAS PLÁSTICAS

Ricardo Carvalho abdominoplastia coimbra lisboa cirurgia plástica cirurgião plástico
Ricardo Carvalho braquioplastia coimbra lisboa cirurgia plástica cirurgião plástico
Ricardo Carvalho gluteoplastia coimbra lisboa cirurgia plástica cirurgião plástico
Ricardo Carvalho Face-lifting 3d e 4d coimbra lisboa cirurgia plástica cirurgião plástico
Lipoaspiração, Ricardo Carvalho abdominoplastia coimbra lisboa cirurgia plástica cirurgião plástico
Lipoaspiração de alta definição coimbra lisboa ricardo carvalho
mamoplastia de aumento, Ricardo Carvalho abdominoplastia coimbra lisboa cirurgia plástica cirurgião plástico
mamoplastia de reducao, Ricardo Carvalho abdominoplastia coimbra lisboa cirurgia plástica cirurgião plástico
Levantamento da mama Ricardo Carvalho Face-lifting 3d e 4d coimbra lisboa cirurgia plástica cirurgião plástico
Mommy makover - ricardo carvalho - cirurgião plástico coimbra e lisboa
mama tuberosa - coimbra e lisboa - ricardo carvalho
Ricardo Carvalho Papada 3d e 4d coimbra lisboa

VER MAIS TRATAMENTOS

Rugas na Face - Botox - Toxina Botulínica - Aplicação em Coimbra e Lisboa
Ricardo Carvalho Simulação cirurgica 3d e 4d
Ricardo Carvalho - Ordem dos Médicos
Ricardo Carvalho - Sociedade Portuguesa de Cirurgia Plástica Reconstrutiva e Estética
Ricardo Carvalho - Crisalix
Ricardo Carvalho - Crisalix
Ricardo Carvalho - Lipoaspiração de alta definição
Ricardo Carvalho - Crisalix
Início-Cirurgia Plástica-Mama Tuberosa – Coimbra e Lisboa