Abdominoplastia em Coimbra, Portugal

Cirurgião Plástico - Consultas de avaliação presenciais em Coimbra e Lisboa

A abdominoplastia é uma cirurgia para remover excesso de pele e gordura do abdómen.

O que é a Abdominoplastia?

Esta intervenção cirúrgica é realizada com o objetivo de remover o excesso de pele e de gordura do abdómen. Pode ainda ser feito, simultaneamente, um reforço dos músculos da parede abdominal.

Com esta cirurgia pode ser melhorado o contorno do abdómen, torná-lo proporcional ao resto do corpo e dar um aspeto mais elegante à cintura.

Para saber mais sobre esta cirurgia de redução de pele e gordura da barriga, contacte-nos para agendar uma consulta de avaliação em Coimbra (Centro de Cirurgia Plástica e Estética) ou Lisboa (MYFACE clinic).

Temos também disponível a consulta online / teleconsulta, uma opção vantajosa para quem reside noutras cidades de Portugal (Porto, Aveiro, Leiria, etc) e que é ainda muito solicitada por pacientes que residem noutros países.

Vídeos

Indicação para Cirurgia Plástica ao Abdómen

Para quem está indicada este tipo de cirurgia?

Esta cirurgia está indicada quando existe um excesso de pele e de gordura do abdómen, que esteja desajustado em relação ao resto do  corpo.

Também pode ser realizada após grandes perdas de peso (como os doentes bariátricos) ou em mulheres que ficaram com flacidez, estrias e excesso de pele após a gravidez.

Em todos os casos, poderá associar-se a lipoaspiração (lipo-abdominoplastia).

A abdominoplastia não é uma forma de tratamento da obesidade. Apesar disso, nos doentes com obesidade mórbida (casos extremos de excesso de peso), pode ser realizada para melhoria da sua condição de vida, da sua higiene ou para facilitar o início do tratamento da obesidade.


Expectativas

É importante ter expectativas realistas em relação a uma Cirurgia ao Abdómen. A cirurgia pode oferecer melhorias significativas, mas há limites para o que pode ser alcançado.

Esta é uma intervenção cirúrgica que visa proporcionar uma melhoria da sua aparência física e também um reforço da sua autoestima.

Contudo, a nova imagem que irá adquirir não irá modificar, por si só, todas as outras áreas da sua vida (profissional, familiar, social), pelo que é fundamental ter essa consciência.

Com efeito, o equilíbrio emocional é indispensável para ser submetida a uma intervenção cirúrgica, especialmente se esta for de natureza estética.

Discutir abertamente com um cirurgião qualificado pode ajudar a estabelecer objetivos alcançáveis e entender os possíveis resultados.

Casos Antes e Depois - Abdominoplastia

Tipos de Abdominoplastia

Abdominoplastia clássica

Este tipo de abordagem está indicada nos casos em que existe um grande excesso de pele e de gordura. Nestes casos, realiza-se também a transposição do umbigo (e se houver um afastamento dos músculos retos abdominais também se faz a sutura para os aproximar).

Abdominoplastia circunferencial

Está indicada nos casos mais graves, em que também existe excesso de pele e gordura na região inferior do tronco (costas e lados).

Mini-abdominoplastia

Esta cirurgia está indicada em pessoas com um peso próximo do ideal para a sua altura e que apresentem um pequeno excesso de pele, gordura e flacidez na parte inferior do abdómen.

Como é realizada?

É realizada sob anestesia geral, com internamento de 24 a 48 horas.

Por vezes, é necessário um internamento mais prolongado, principalmente em pacientes com grande excesso de peso e naqueles em que foi removida grande quantidade de pele e gordura.

Existem vários tipos de cirurgias à barriga, consoante o excesso de pele e gordura que apresente.

Em todos os casos, poderá associar-se a lipoaspiração (lipo-abdominoplastia).

 

As etapas de uma cirurgia à barriga, no bloco operatório, geralmente incluem:

  • Anestesia: O paciente recebe anestesia geral ou local com sedação para garantir conforto durante a cirurgia.
  • Incisão: Uma incisão horizontal é feita acima da região púbica, e outra pode ser feita ao redor do umbigo, dependendo da extensão da cirurgia.
  • Remoção de Excesso de Pele e Gordura: O cirurgião remove o excesso de pele e gordura da região abdominal.
  • Reposicionamento dos Músculos Abdominais: Os músculos enfraquecidos são aproximados e suturados para fortalecer a parede abdominal e afinar a cintura.
  • Fechamento da Incisão: A pele é esticada para baixo, e as incisões são suturadas. Um novo orifício pode ser criado para o umbigo.

Estas etapas podem variar conforme o caso específico e a técnica utilizada pelo cirurgião.


Cicatrizes e recuperação após uma abdominoplastia

Cicatrizes

Como qualquer cirurgia, esta não pode ser realizada sem cicatrizes.

Apesar disso, as técnicas mais recentes permitem esconder facilmente a cicatriz, de forma a que esta não seja visível quando se usa roupa interior ou fato de banho. Além disso, ficam menos evidentes com o passar do tempo.

O tamanho da cicatriz é proporcional ao excesso de pele e gordura e à flacidez cutânea. Quanto maior o excesso de pele, mais comprida será a cicatriz. Assim, o seu Cirurgião Plástico saberá aconselhá-la sobre a melhor forma de tratar as suas cicatrizes.

Recuperação:

  • A recuperação completa pode levar várias semanas, com limitações nas atividades físicas.
  • Habitualmente, o paciente tem alta entre 1 a 2 dias após a cirurgia e pode recuperar no conforto da sua casa. Só nos casos em que se remove uma grande quantidade de pele e gordura é que poderão ser necessários mais dias de internamento.
  • Aconselhamos a utilização de vestuário compressivo durante um período de 1 a 2 meses, para evitar o edema (“inchaço”) e as equimoses (“nódoas negras”).
  • É ainda aconselhada a realização de drenagem linfática manual para acelerar a recuperação, melhorar o conforto e diminuir o edema e a fibrose associados à lipoaspiração. A drenagem linfática deverá começar 3 a 4 dias após a cirurgia. O que recomendamos é que realize 3 tratamentos na primeira semana, 2 tratamentos na segunda semana e 1 tratamento por semana, a partir da terceira semana.
  • Todos os doentes fazem prevenção para o risco de trombose com medidas peri-operatórias e com medicação após a alta da clínica.
  • É também recomendado que os doentes se movimentem precocemente.

Porque escolher o Dr. Ricardo?

Na sua consulta inicial, o Dr. Ricardo Carvalho irá ouvi-la atentamente, para compreender o que espera alcançar com a cirurgia: os seus objetivos, preferências, dúvidas e receios para que possa tomar uma decisão informada sobre a sua cirurgia. Irá também fazer uma avaliação rigorosa.

É um cirurgião plástico com uma formação sólida e vasta experiência, que consegue alcançar excelentes resultados, como o comprovam os seus diversos

É um cirurgião plástico com uma formação sólida e vasta experiência, que consegue alcançar excelentes resultados, como o comprovam os seus diversos casos clínicos (antes e depois).

Formado pela Universidade de Coimbra, especializou-se em Cirurgia Plástica Reconstrutiva e Estética (cédula profissional n.º 44167, da Ordem dos Médicos).

O Dr. Ricardo utiliza o bloco operatório da clínica SANFIL, em Coimbra, que está equipada com tecnologia de última geração, com salas de cirurgia, de recobro e de internamento, oferecendo um espaço com todas as condições de segurança e de bem-estar durante a realização da sua cirurgia.


Retrato do Dr. Ricardo Carvalho, um cirurgião plástico que trabalha em coimbra e lisboa, usando um fato azul escuro e gravata com padrão fino. Ele está com os braços cruzados e sorri , sendo o fundo preto.

Devo considerar uma cirurgia no abdómen?

Sim, se:

  • tem flacidez e excesso de pele no abdómen após perda significativa de peso ou gravidez.
  • os exercícios físicos e dieta não conseguem resolver a flacidez abdominal.
  • busca melhorar o contorno abdominal e possui expectativas realistas sobre os resultados da cirurgia.

É essencial consultar um cirurgião plástico qualificado para avaliar a situação individualmente.

Resumo

Tempo de cirurgia
2h
Ausência do Trabalho
1 semana
Internamento
1 dia
Tomar banho
A partir do 1º dia
Mobilidade
A partir do 1.º dia
Exercícios
Após 6 semanas
Uso de vestuário compressivo
6 semanas
Atividade sexual
Após 4 semanas
Dormir de Costas
4 semanas
Recuperação Total
6 semanas
Conduzir
Após 1 semana
Cicatrização
Após 2 semanas

Observações

  • Estes são tempos aproximados e podem variar de acordo com cada paciente.
  • Siga rigorosamente as orientações do seu médico para uma recuperação segura e bem-sucedida.
  • Não hesite em esclarecer dúvidas ou reportar qualquer sintoma incomum ao seu cirurgião.

Perguntas Frequentes

Os efeitos adversos mais frequentes são transitórios (passageiros) e desaparecem espontaneamente. Por conseguinte, os mais frequentes são equimose (nódoa negra) e edema (“inchaço”). Normalmente, as equimoses desaparecem entre 2 a 3 semanas e o edema melhora progressivamente nas primeiras 4 semanas.

Além destes, é frequente a sensação de aperto no abdómen (principalmente se for feito um reforço da parede muscular), sensação de dormência (que melhora progressivamente de 4 a 6 semanas) ou pequenas irregularidades na pele, que irão ser atenuadas com o tempo.

É também habitual sentir-se mais cansado e preso de movimentos, na primeira vez que se levantar da cama e por isso deve fazê-lo de forma gradual e com ajuda.

O retorno à rotina diária depende das características do doente, do tipo de atividade e da extensão da cirurgia.

Todos são aconselhados a deambular precocemente, o mais tardar no dia seguinte à cirurgia. A maioria dos doentes regressa ao seu trabalho 3 a 6 semanas após a intervenção, embora se recomende um período de 2 meses até retomar o exercício físico mais intenso.

Com efeito, é importante que se levante precocemente e se movimente, para ajudar na diminuição do edema e para minorar o risco de trombose.

Como qualquer cirurgia, uma cirurgia na barriga não está isenta de riscos.

Dessa forma, o primeiro passo é consultar um Cirurgião Plástico, que esteja inscrito na Ordem dos Médicos (www.ordemdosmedicos.pt) e na Sociedade Portuguesa de Cirurgia Plástica Reconstrutiva e Estética (www.spcpre.org.pt).

Além disso, deverá escolher uma clínica com ambiente adequado para a realização da consulta e da cirurgia.

É também importante escolher o momento adequado para a realização da cirurgia, quer a nível social, pessoal ou profissional.

Por conseguinte, deve conversar abertamente com o seu médico, colocar todas as dúvidas, esclarecer quais os seus objetivos e expectativas e ouvir quais os resultados possíveis, os cuidados pós-operatórios necessários e as possíveis complicações.

Este tipo de procedimento não se resume a uma ida ao bloco operatório.

Essa é uma parte indispensável, mas não é a única, de um processo que começa com a consulta pré-operatória e continua no pós-operatório com os cuidados de reabilitação.

Durante a consulta, antes da cirurgia, são esclarecidas todas as dúvidas e explicados os resultados possíveis, os riscos e as complicações que podem acontecer. É também explicada como será a recuperação e os cuidados pós-operatórios recomendados.

Não é um procedimento de perda de peso, mas pode melhorar o contorno corporal.

Sim, muitas vezes são combinadas para melhores resultados estéticos.

Sim, geralmente é recomendado o uso de uma cinta de compressão para ajudar na recuperação.

No que se refere a uma Abdominoplastia, depende de cada caso. Deste modo, para lhe darmos um preço de referência que seja o mais rigoroso possível, relate o seu caso ao Dr. Ricardo Carvalho através do nosso Formulário de Contacto.

Agende a sua consulta

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Se pretende ser contactada(o) para a marcação de uma consulta de avaliação, preencha este campo.
LEIA ANTES DE ESCOLHER UMA DAS OPÇÕES: A opção Coimbra implica uma consulta presencial na nossa clínica em Coimbra. A opção Videochamada implica uma primeira consulta à distância, por videochamada.
RGPD
Politica de privacidade
menuchevron-downplus-circle