Project Description

abdominoplastia

 

ABDOMINOPLASTIA

 

O QUE É A ABDOMINOPLASTIA?

A abdominoplastia é uma intervenção cirúrgica com o objetivo de remover o excesso de pele e de gordura do abdómen. Pode ainda ser feito um reforço dos músculos da parede abdominal. Com esta cirurgia pode ser melhorado o contorno do abdómen, torná-lo proporcional ao resto do corpo e dar um aspecto mais elegante à cintura.

 

QUANDO É QUE ESTÁ INDICADO REALIZAR UMA ABDOMINOPLASTIA?

A abdominoplastia está indicada quando existe um excesso de pele e de gordura do abdómen, que esteja desajustado em relação ao resto do seu corpo.

A abdominoplastia também pode ser realizada após grandes perdas de peso (como os doentes bariátricos) ou em mulheres que ficaram com flacidez, estrias e excesso de pele após a gravidez.

A abdominoplastia não é uma forma de tratamento da obesidade. Apesar disso, nos doentes com obesidade mórbida (casos extremos de excesso de peso), pode ser realizada para melhoria da sua condição de vida, da sua higiene ou para facilitar o início do tratamento da obesidade.

 

COMO É REALIZADA UMA ABDOMINOPLASTIA?

A abdominoplastia é uma cirurgia que tem por objetivo remover o excesso de pele e de gordura na parte inferior do abdómen.

Pode ser feito, em simultâneo, um reforço dos músculos da parede abdominal.

A abdominoplastia é realizada sob anestesia geral, com internamento de 24 a 48 horas. Por vezes é necessário um internamento mais prolongado, principalmente em doentes com grande excesso de peso e naqueles em que foi removida grande quantidade de pele e gordura.

Existem vários tipos de abdominoplastia, consoante o excesso de pele e gordura que apresente.

A mini-abdominoplastia está indicada em pessoas com um peso próximo do ideal para a sua altura e que apresentem pequeno excesso de pele e de gordura e flacidez na parte inferior do abdómen.

A abdominoplastia clássica está indicada nos casos em que existe um grande excesso de pele e de gordura. Nestes casos, realiza-se também a transposição do umbigo (e se houver um afastamento dos músculos rectos abdominais também se faz a sutura para os aproximar).

A abdominoplastia circunferencial está indicada nos casos mais graves, em que também existe excesso de pele e gordura na região inferior do tronco (costas e lados).

Em todos os casos, poderá associar-se a lipoaspiração (lipo-abdominoplastia).

 

VOU FICAR MELHOR APÓS REALIZAR UMA ABDOMINOPLASTIA?

A abdominoplastia é uma intervenção cirúrgica que visa proporcionar uma melhoria da sua aparência física e também um reforço da sua autoestima. A nova imagem que irá adquirir não irá modificar, por si só, todas as outras áreas da sua vida (profissional, familiar, social), pelo que é fundamental ter essa consciência.

O equilíbrio emocional é indispensável para ser submetida a uma intervenção cirúrgica, especialmente se esta for de natureza estética.

 

A ABDOMINOPLASTIA PODE SER REALIZADA SEM CICATRIZES?

Como qualquer cirurgia, a abdominoplastia não pode ser realizada sem cicatrizes.

Apesar disso, as técnicas mais recentes permitem esconder facilmente a cicatriz, de forma que esta não seja visível quando se usa roupa interior ou fato de banho. Além disso, ficam menos evidentes com o passar do tempo.

O tamanho da cicatriz é proporcional ao excesso de pele e gordura e à flacidez cutânea. Quanto maior o excesso de pele, mais comprida será a cicatriz.

O seu Cirurgião Plástico saberá aconselhá-la sobre a melhor forma de tratar as suas cicatrizes.

 

QUAIS OS EFEITOS ADVERSOS DE UMA ABDOMINOPLASTIA?

O efeitos adversos mais frequentes são transitórios (passageiros) e desaparecem espontaneamente. Os mais frequentes são equimose (nódoa negra) e edema (“inchaço”). Normalmente, as equimoses desaparecem entre 2 a 3 semanas e o edema melhora progressivamente nas primeiras 4 semanas.

É frequente a sensação de aperto no abdómen (principalmente se for feito um reforço da parede muscular), sensação de dormência (que melhora progressivamente de  4 a 6 semanas) ou pequenas irregularidades na pele, que irão ser atenuadas com o tempo.

É habitual sentir-se mais cansado e preso de movimentos, na primeira vez que se levantar da cama e por isso deve fazê-lo de forma gradual e com ajuda.

 

QUAL O RESULTADO DE UMA ABDOMINOPLASTIA?

O resultado da abdominoplastia é a redução da pele e da gordura em excesso no abdómen, a melhoria do contorno da cintura e melhoria da sua autoestima.

O resultado final só será visível entre 4 a 6 semanas após a cirurgia, quando a barriga estiver desinchada, sem nódoas negras e a pele já tiver adquirido a sua tonicidade habitual.

Para obter o resultado desejado é fundamental cumprir com as recomendações pós-operatórias.

Poderão ser necessários pequenos retoques (lipoaspiração de pequenas áreas) ou correções de cicatrizes, principalmente, se houver aumento ou diminuição de peso após a cirurgia.

 

QUAIS OS CUIDADOS APÓS UMA ABDOMINOPLASTIA?

Habitualmente, o doente tem alta entre um a dois dias após a cirurgia e pode recuperar no conforto da sua casa. Só nos casos em que se remove uma grande quantidade de pele e gordura é que poderão ser necessários mais dias de internamento.

É aconselhada a utilização de vestuário compressivo durante um período de 1 a 2 meses, para evitar o edema (“inchaço”) e as equimoses (“nódoas negras”).

É também aconselhada a realização de drenagem linfática manual para acelerar a recuperação, melhorar o conforto e diminuir o edema e a fibrose associados à lipoaspiração. A drenagem linfática deverá começar 3 a 4 dias após a cirurgia. O que recomendamos é que realize 3 tratamentos na primeira semana, 2 tratamentos na segunda semana e um tratamento por semana, a partir da terceira semana.

Todos os doentes fazem prevenção para o risco de trombose com medidas peri-operatórias e com medicação após a alta da clínica. É também recomendado que os doentes se movimentem precocemente.

 

QUANDO É QUE SE PODE RETOMAR A ACTIVIDADE/ ROTINA DIÁRIA APÓS A ABDOMINOPLASTIA?

O retorno à rotina diária depende das características do doente, do tipo de actividade e da extensão da abdominoplastia.

Todos são aconselhados a deambular precocemente, o mais tardar no dia seguinte à abdominoplastia. A maioria dos doentes regressa ao seu trabalho 3 a 6 semanas após a intervenção, embora se recomende um período de 2 meses até retomar o exercício físico mais intenso.

É importante que se levante precocemente e se movimente, para ajudar na diminuição do edema e para minorar o risco de trombose.

 

VOU FICAR MELHOR APÓS REALIZAR UMA ABDOMINOPLASTIA?

A abdominoplastia é uma intervenção cirúrgica que visa proporcionar uma melhoria da sua aparência física e também um reforço da sua autoestima. A nova imagem que irá adquirir não irá modificar, por si só, todas as outras áreas da sua vida (profissional, familiar, social), pelo que é fundamental ter essa consciência.

O equilíbrio emocional é indispensável para ser submetida a uma intervenção cirúrgica, especialmente se esta for de natureza estética.

 

A ABDOMINOPLASTIA É SEGURA?

Como qualquer cirurgia, a abdominoplastia não está isenta de riscos.

O primeiro passo é consultar um Cirurgião Plástico, que esteja inscrito na Ordem dos Médicos (www.ordemdosmedicos.pt) e na Sociedade Portuguesa de Cirurgia Plástica Reconstrutiva e Estética (www.spcpre.org.pt).

Além disso, deverá escolher uma clínica com ambiente adequado para a realização da consulta e da cirurgia.

É importante escolher o momento adequado para a realização da cirurgia, quer a nível social, pessoal ou profissional.

Deve conversar abertamente com o seu médico, colocar todas as dúvidas, esclarecer quais os seus objetivos e expectativas e ouvir quais os resultados possíveis, os cuidados pós-operatórios necessários e as possíveis complicações.